Nostalgia

Ah, agora eu sei onde foi parar a calota de fusca que meu pai perdeu em 83. Virou maquete para o Museu Nacional.

Note o arame que prendia ela à roda.