Instalando LAMP no subsistema Linux do Windows 10 Fall Creators Update OMGBBQWTF

Ok, então você tem o Ubuntu do Windows 10 instalado em s…  Hã? Ainda não? Ok, sem pânico. Siga este link e baixe ele direto da lojinha. Vai lá, eu espero.

Ah, você não sabe o que é o subsistema Linux do Windows (ou WSL)? Ok, leia aqui e se maravilhe, e depois siga o primeiro link para instalar o bendito. Depois de instalar e clicar no ícone pela primeira vez a tela do terminal aparecerá para finalizar a instalação. Digite um nome de usuário e uma senha para ele, e pronto. A partir daí podemos instalar o LAMP (Linux Apache MySQL PHP), um pacote de serviços no Linux com, respectivamente, servidor web, banco de dados e linguagem de programação para você desenvolver páginas e sites.

Tudo instalado! Então a primeira coisa a fazer agora é atualizar o subsistema. Digite

sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade -y

Depois instale o pacote LAMP:

sudo apt-get install lamp-server^

Esse LAMP, porém, tem uma pegadinha: o P é de Perl, uma outra linguagem de programação, e não PHP, mais usada para a web. Para termos o PHP é preciso digitar três comandos:

sudo add-apt-repository ppa:ondrej/php
sudo apt-get update
sudo apt-get install

Depois basta finalizar a instalação do MySQL com o comando abaixo:

sudo mysql_secure_installation

Siga as instruções e pronto! LAMP instalado. Para iniciar o serviço digite:

sudo service apache2 start
sudo service mysql start

Você precisará iniciar os dois serviços toda vez que abrir o WSL. Há formas de automatizar esse trabalho, mas disso eu falo depois. Teste seu novo servidor web abrindo o navegador e digitando localhost na barra de endereços, você verá uma página de testes do Apache. Funciona!