ruminações

Testando 1, 2

Depois do fiasco do Elon Musk avacalhando com o twitter e deixando as postagens de nazistas e da extrema-direita comer soltas eu resolvi abandonar aquele pardieiro e cair de cabeça no Mastodon, que é quase como um twiter no início dos tempos. Tá legal a parada, e é mais fácil achar interesses como ilustrações e animações sem ser bombardeado por mensagens bizarras que não tinha nada a ver com o que eu quero acompanhar na internet. O lado ruim é que nem todos os artistas que eu gosto estão lá, então continuo compensando essa falta com o Instagram.

Agora o plano é arrumar a casa para postar automaticamente no Mastodon tudo que eu escrever aqui, o que vai me ajudar a criar vergonha na cara e atualizar o site com mais frequência.

Tem também o tal do Koo, que testei mas não gostei. Fui mais com a cara do elefante, mas para proteger meu Koo e também o twitter não vou apagar as contas: elas vão ficar lá enquanto deixarem, ocupando meu nome de usuário. E vai que as coisas melhoram, a Microsoft compra tudo e faz uma mega rede social nova? Já vou ter meu canto no Koowittodon.